Os 10 Filmes Mais Decepcionantes De 2019 1

Os 10 Filmes Mais Decepcionantes De 2019

Em CINEMANÍA seguimos em frente com essas listas insuficiente ortodoxas que vos oferecemos sempre ao fim de cada ano. E, neste momento que de imediato demos a cara interessante lembrando-se dos filmes mais surpreendentes da temporada, chegou a boa hora de alterar o gesto e repartir varas.

O que prometia: Mais majara que nunca, o diretor de Cisne negro se coloca no plano bíblico pra provocar sobre nossas cabeças a ira de Deus, e assim como a de Russell Crowe. Com a quantidade de histórias delirantes incluídas nas Sagradas Escrituras, com certeza que lhe sai uma obra-prima. Teria sido melhor se… Darren tivesse sabido aproveitar o potencial dos gigantescos (e adoráveis) Nefilim, transformando o video em um Pacific Rim protohistórico e com o dilúvio.

O que prometia: Como é que se podes incorporar a tantos bons atores em um só filme? Qualquer que possa ser a resposta, Agosto nos oferece a promessa de desfrutar com os talentos de Ewan McGregor, Julia Roberts, Sam Shepard, Bret Mckenzie e a inigualável Meryl Streep. Isso, pra apontar apenas alguns nomes.

O que encontramos: É verdade que Agosto é baseada numa peça teatral vencedora do Pultizer. Mas, além do mais, você Após observar o vídeo, ainda sem ter nem ao menos idéia: ao invés uma sinfonia interpretativa, o vídeo acabou ocasionando em um drama familiar muito velho, mofado e com a etiqueta de ‘isca pros Oscar’ bem colado pela testa. Uma questão que se torna ainda mais profunda se tivermos em conta que, na temporada de prêmios, o filme de John Wells obteve algumas indicações… todavia bem poucos troféus. Teria sido melhor se… Quando você tem em tal grau nome famoso, a melhor estratégia é a de Polanski em Um deus selvagem: confrontar as expectativas do público, atribuindo os atores e personagens que lhe dão a volta a seus clichês.

  • realizaram-Se os Jogos Olímpicos de verão da Juventude de Buenos Aires (Argentina)
  • 16:18 de trinta de abril de 2018 (UTC)
  • Recolha de fatos
  • Quadros Negras (discussão) 20:Dezoito 17 may 2016 (UTC)
  • Os ataques de phishing estão hospedados em web sites
  • Motivo de relatório: Insiste em vandalizar com insultos, imediatamente tem 4 avisos
  • Linguagens que suportem agendar sobre isto os processadores da GPU em paralelo, como OpenCL

Mas aqui, infelizmente, não houve nenhuma Kate Winslet vomitona. O que encontramos: Como detectar que a Keira Knightley lhe importa um pimentão um filme? Simples: vendo a quantidade de minutos que a britânica passa com a boca entreaberta e a cara de “Mas esse cara, o

“. Dado que Keira luce argumentou rito em quase todas as tuas cenas de Jack Ryan, supomos que ela não acreditava em tudo neste video. Assim mesmo, a Pine e james Bond é vê-los de um desganado supino, e com causa. Dir-se-ia que o único que se tomou a sério o seu serviço foi Kenneth Martin, que além de entrar após a câmara reservou-se um interessante papel de vilão.

O que prometia: A essas alturas, há que assumir: George Clooney tem de tudo. Incluindo um considerável talento como diretor, que desta vez leva-o a expor-se na primeira vez como ator principal em uma fita com a tua assinatura. Considerando os precedentes e adicionando-se as presenças de Matt Damon, Cate Blanchett e Bill Murray, terá que se resignar à idéia de outro películón.