Grand Theft Auto: Liberty City Stories 1

Grand Theft Auto: Liberty City Stories

Antonio “Toni” Cipriani: Apareceu antecipadamente no GTA III. Agora é o personagem, três anos mais jovem, mais magro e com mais maestria. Toni volta pra cidade após 4 anos de ausência, causador da morte de um homem.

No ano de 2001, vive com tua mãe, e, além de sofrer uma transformação drástica em teu físico, é a mão direita de Don Salvatore Leone. Don Salvatore Leone: Também apareceu em GTA III e GTA: San Andreas. Donald Love: Lançado em GTA III e GTA: Vice City.

É um empresário no ramo de telecomunicações, que são direitos humanos como candidato a prefeito, é um camarada pessoal de Salvatore. Vincenzo “Lucky” Cilli: É o primeiro chefe de Toni, e caporegime pela família Leone. JD O’Toole: Joseph Daniel O’Toole é dono de Paulie’s Bar e membro da família Sindacco. É um gordo pervertido, que em imensas ocasiões, presumir-se-á de ter sexo no decorrer do jogo.

  1. Velocidade: Vinte e sete 743 km/h
  2. 2 Bibliografia. Enciclopédias e Dicionários. Obras e catálogos gerais. Tese de doutoramento
  3. ª temporada: 17,06 milhões de espectadores
  4. Caixa secreta pra uma reunião de urgência no clube A. S. C. O.[12]
  5. dois Serra Maestra 3.2.1 O precário início

No passado, devia dinheiro pro Toni. Desprezado por seu sangue irlandesa, JD opta trair os Sindacco e vender infos aos Leone. Morre em uma missão antes de ser batizado, é assassinado por Mickey no veículo de Salvatore.

Toni tira deste modo o veículo com o organismo de J. D dentro do rio. Leon McAffrey: Polícia corrupto de Liberty City. Outro contato interessante pela folha de Don Salvatore Leone. Maria cartel colombiano: É a esposa de Salvatore (a despeito de não o aparecia).

Se conheceram em San Andreas, no Casino Caligula, onde mais tarde pediu-a em casamento. Atualmente é amanda e estará apaixonada por Toni, se bem que numa incumbência fugará com um tal de Wayne, chefe de uma gangue de motociclistas. No decorrer da história, vai Toni problemas um sem fim de vezes.

Mamma Fernanda: Embora não aparece fisicamente (só ouvimos a voz), é a mãe de Toni. Giovanni Casa: É dono de açougue e, segundo a mãe de Toni, faz as mais recomendadas salsichas da cidade, e é da capacidade do Ciprianis. É outro mais pervertido, sua vida termina quando Toni faz picadinho e vende-o em sua própria carnificina como instrumento para fazer salsichas. Wayne: É chefe de uma gangue de motociclistas. Maltratou a Maria quando ela confessou teu amor por Toni e este se viu agradeço a matá-lo.

Mickey Hamfists: Valentão da família Leone. Foi responsável pelo assassinato de J. D., e oficiou de motorista pela solenidade de Toni. R. C. Hole: É o exalcalde de Liberty City. Quis prender Salvatore, em razão de foi pago na família a delegacia da cidade.