↑ Siemens, George; Gasevic, Dragan (2019) 1

↑ Siemens, George; Gasevic, Dragan (2019)

O Aprendizado adaptativo é um esquema educacional que usa os computadores como dispositivos de ensino interativa, e pra organizar a alocação de recursos humanos e meados de acordo com as necessidades específicas de cada aluno. Os pcs se adaptam à exibição de objeto educativo de acordo com as necessidades de aprendizagem dos estudantes, como o apontam as suas respostas às questões, tarefas e experiências.

A tecnologia abrange aspectos derivados de imensos campos de estudo, incluindo a informática, a educação, a psicologia e a ciência do cérebro. O aprendizado adaptativo foi parcialmente impulsionado por uma promoção que o aprendizado feito à medida, não podes atingir a extenso escala, usando as abordagens usuais, de aproximações não adaptativas.

Os sistemas de aprendizagem adaptativa tentam transformar o aprendiz de receptor-passivo das informações e colaborador no recurso educativo. A principal aplicação dos sistemas de aprendizagem adaptativa está na educação, contudo uma outra aplicação contínuo é a geração de negócios. Foram elaborados como aplicativos para os computadores de mesa (desktop, aplicações internet, e já estão sendo introduzidas nos programas em geral. O aprendizado adaptativo foi implementado em muitos tipos de sistemas educativos, por exemplo: hipermídia adaptativo, sistemas tutoriais inteligentes, testes adaptativos informatizados, e agentes pedagógicos baseados em computadores.

Um número de outros sistemas inovadores apareceu nos 5 anos seguintes. Uma sensacional conta os primeiros trabalhos sobre a aprendizagem adaptativa e sistemas inteligentes de explicações podes ser encontrada no livro clássico Sistemas de Tutoria Inteligente. É neste momento na década de 50, com a teoria de aprendizagem de programação de Burrhus Frederic Skinner e tua máquina de explicar no momento em que começa uma descolagem do que supõe o aprendizado adaptativo.

  • GeForce 3D Vision Ready 2
  • processamento de detalhes: educação, interfaces de linguagem natural, acesso inteligente de fatos, etc
  • O manuseio do teclado era fraco
  • Call of Duty: Um voto
  • Primeiro espaço: Robert Medeksza

Em 1960 surgiu na Universidade de Illinois, o Programmed Logic Automated Teaching Operations (PRATO), que é considerado o primeiro programa de educação assistida por pc. Com a chegada da inteligência artificial, pela década de 70, vai se desenvolvendo por um “boom” tecnológico, mas surgiram alguns problemas por resolver, como o custo e o tamanho dos pcs. É nestes anos de idade, no momento em que começam a fazer os sistemas de tutores inteligentes (STI), apesar de que prontamente pela década de 80, quando terá mais divulgação, com a expansão e barateamento dos dispositivos de computação. Desde 1989, foram realizadas várias conferências internacionais de inteligência artificial em educação (AIED).

O intuito é colocar em comum as últimas pesquisas em sistemas inteligentes e imensas aplicações informáticas relacionadas com a educação. Os sistemas de aprendizagem adaptativa foram divididas tradicionalmente em componentes separados ou modelos. Modelo de Especialistas, O paradigma com o dado que tem de ser ensinado. Modelo de Aluno – O modelo que segue e saiba mais a respeito do estudante.

Modelo de Instrução – O paradigma que realmente transmite a informação. Ambiente de Instrução – A interface do usuário pra interagir com o sistema. O paradigma especialista armazena sugestões sobre o objeto que está ensinando. Isso talvez pode ser tão simples como as soluções para o conjunto de dúvidas, porém também, poderá incluir lições e tutoriais, em sistemas mais sofisticados, até já metodologias de especialistas para ilustrar abordagens às dúvidas. Os sistemas de aprendizagem adaptativa, que não adicionam um modelo especialista incorporados normalmente estas funções no padrão de instrução.

O meio mais fácil de indicar o nível de jeito de um estudante é o mecanismo utilizado no CAT (teste de adaptação computadorizada ou computerized adaptive testing). No CAT, o sujeito dá-se com as perguntas que são selecionados em função do seu grau de problema em conexão ao provável nível de aptidão do sujeito.