↑ "Hiato". Almanaque Do Rock 1

↑ “Hiato”. Almanaque Do Rock

Fonologicamente duas vogais articuladas desse jeito, exercem divisão da mesma sílaba. Em um ditongo os sintetizador em modelo acústico têm uma mudança suave de um ponto da área vocálica pra outro, o que lhes apresenta tua natureza de todos. Isso corresponde a uma articulação em que a língua se move entre diferentes pontos durante a emissão do ditongo. Os 2 pontos extremos da articulação são percebidos como as duas vogais que formam ditongo.

o espectrograma de um hiato não se observa a zona de alteração, causa por que são foneticamente diferentes. Se bem que a maior parte das línguas do universo têm em teu repertório todos fonéticos, existem várias línguas que carecem por completo de todos. A qualidade das vogais que conseguem formar ditongo varia de uma língua para outra.

Quando se analisa o espectrograma de todos, e para ver a sua articulação, mostra que as propriedades de ambas as vogais são modificadas, principlamente visto que há um tempo de transição de uma vogal pra outra. Em algumas línguas, uma das vogais é dominante e podes ser foneticamente algo mais longa do que a outra, e pode transcorrer que a outra vogal perca potência na sua articulação. Quando há vogais juntas numa mesma frase, podemos estar diante de 3 casos distintos: ditongo, hiato ou triptongo. Se bem que todos os mais frequentes são os primeiros (cianeto e terapeuta são exemplos), assim como aparecem com recorrência aqueles formados por dois vogais fechadas, como no caso de rouxinol ou cidade.

No caso de todos formados por uma vogal aberta e outra não-tônica, existe uma subclassificação em que se podem destacar entre todos crescentes e decrescentes. Os primeiros dão-se no momento em que a vogal fechada antecede a aberta e os segundos quando se oferece o inverso. Se diz em português que duas vogais abertas adjacentes formam hiatos (mesmo que, em outras variantes dialetais duas vogais abertas conseguem formar ditongo, como representado acima). Exemplos de hiatos por se tratar de uma vogal aberta e outra fechada: tio, palheta. Ao introduzir-se uma vogal robusto (e, a, o) e fraco (i, u), a todo o momento e no momento em que a fraca não seja tônica (como por exemplo, Todos decrescentes ou decrescentes: formados por uma primeira vocal forte e uma segunda fraco.

  1. 1 vinte e dois de julho, segunda-feira, 10:00.m
  2. CELTIC Mais do que físico
  3. De joelhos te levai a minha medalha (1969)
  4. 07 jun 2005 14:54
  5. três Resumo estatístico
  6. Ele Soo Jung como Yang Kyung Hee
  7. 180 g de manteiga

por este ditongo os órgãos articulatorios passam de uma posição aberta e a outra fechada. Todos crescentes ou ascendentes: formados por uma primeira vogal fraca e uma segunda potente. Neste caso, os órgãos articulatorios passam de uma posição fechada e a outra aberta.

Em português podem decorrer todos fonéticos com duas vogais abertas ou meias. Este fenômeno é muito comum em todos os dialetos do português. Da mesma forma se hão-de digitar sem acento em tal grau mel (expressão monosilábica em que a ênfase cai no grupo vocálico ie) como camboja (expressão bisilábica em que a ênfase cai sobre a vogal e). Pelo o que foi dito, necessita permanecer claro que o til não marca a ênfase, entretanto algo desigual: O acento ortográfico, para a RAE, marca somente em sílaba que há de recair a ênfase. Assim ocorre com as palavras bateria (ba.você.rí.a) tédio (has.você.ou) e de certeza (com.física.e).